“Gostei muito de fazer o curso, porque agora sei que posso curar-me e também aos outros que precisam, o que é um grande prazer. Quando faço Reiki, sinto uma grande transmissão de energia no meu corpo e funciona como um calmante que vem de mim mesma.”

Leonor (13 anos)

“Gostei de fazer o curso. O Reiki faz-me acalmar.”

Marta (8 anos)

“O curso serve para lhes abrir outros caminhos de vida para explorarem de futuro. Por agora serve como calmante, relaxante e como nova forma de encarar a vida.”

Irene (mãe)

“Achei que foi muito divertido. Gostei de apanhar beatas. É bom ser solidário com o mundo. Gostei de desenhar. Sentia-me bem quando me vinha embora. A Bárbara é muito simpática. Obrigado à Barbara e beijinhos.”

António Aresta Branco

Bárbara Pinheiro

Foi com a doença dum familiar que entrei em contacto com o Reiki e pude aperceber-me das suas potencialidades terapêuticas. Esta energia dá oportunidade e abertura para descobrir o mundo de forma subtil. Entretanto, foi crescendo em mim o desejo de ajudar os outros e de me harmonizar com o mundo que me rodeia. Na minha família recorremos ao Reiki diariamente para nos equilibrarmos a vários níveis. Gostamos de estar em sintonia com a natureza. Procuramos dar atenção à alimentação, privilegiando os produtos biológicos. Da minha observação de tudo o que me rodeia fui deparando com determinados aspetos, quer no âmbito familiar, quer escolar, que me chamaram a atenção. As crianças estão por vezes muito condicionadas, o que lhes gera dificuldades para enfrentarem o dia-a-dia de forma aberta e feliz. Ouvir e perceber as necessidades das crianças para nelas desenvolver uma autoestima baseada no amor, na aceitação, na confiança e no reconhecimento tornou-se para mim uma matriz comportamental.